Fies – aditamento e inscrição Fies

Em busca de ingressar no Ensino Superior em 2020, mas sem nota suficiente para se inscrever no Sisu e sem dinheiro para pagar uma faculdade particular? Já pensou em tentar o FIES 2020, mas não sabe como funciona ou como se inscrever? Então esse é o artigo que você está buscando! Aqui vamos explicar tudo o que você precisa para conseguir o financiamento do seu curso superior, podendo realizar o sonho de se qualificar e ter uma profissão sem passar apertos financeiros. Quer saber como? Então continue lendo e confira!

Inscrições para o FIES 2020

Todos os anos o MEC divulga o calendário de inscrições nos seus programas educacionais, o primeiro deles é o Sisu, que é o processo de seleção para as Universidades Federais e Estaduais. Depois o Programa Universidade Para Todos, Prouni e então o Fies, que é o Financiamento Estudantil. As inscrições para o Fies 2020 são realizadas logo após o Prouni, pois os alunos que não conseguem bolsas integrais podem financiar a diferença no valor das mensalidades. O Fies 2020 tem inscrições duas vezes ao ano, uma no início do ano, para os alunos do primeiro semestre. E outra inscrição no segundo semestre, e os alunos podem se inscrever mesmo que já estejam matriculados.

O processo de seleção é feito pelo site do Fies no http://fies.mec.gov.br. O aluno deve acessar o site e depois seguir os seguintes passos:

  • Insira o número da inscrição do Enem
  • Selecione o curso e instituição de ensino onde foi aprovado
  • Preencha os dados pessoais e socioeconômicos
  • Finalize e envie a inscrição.

Requisitos para Fies 2020

Para participar do Fies 2020 os estudantes podem já estar cursando o ensino superior, mas não podem ter cumprindo mais de 80% da carga horária total do curso. Além disso, é preciso atender a outros requisitos para participar desse programa de financiamento estudantil.

  • Ter feito o Enem no ano anterior
  • Ter nota média maior que 450 no Enem e não ter tirado 0 na Redação
  • Renda familiar bruta de até 3 salários mínimos

Resultado Fies 2020

O resultado do Fies é divulgado uma semana após o final das inscrições e os candidatos podem consultar no site oficial http://fies.mec.gov.br se conseguiram o financiamento ou não. Caso sejam aprovados devem levar os documentos até o setor financeiro da sua faculdade para a assinatura do contrato do Fies 2019. Caso o Fies seja feito com o banco, então será necessário assinar o contrato com o banco também. O candidato que não comprovar que se enquadra nos requisitos do programa pode ser desclassificado.

Documentos para o FIES

Se você conseguiu o FIES 2020, ainda é preciso reunir os documentos para a assinatura do contrato do financiamento estudantil. Para isso, você precisa de reunir:

  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Comprovante de renda
  • Comprovante de Residência
  • Comprovante de matrícula

Pagamento do Fies 2020

O Fies não é uma bolsa, mas sim um financiamento e como tal é necessário que o aluno pague o valor financiado. Esse pagamento pode ser feito após a formatura e o estudante conta com um período de carência para começar a pagar. Assim ele pode se inserir no mercado de trabalho e conseguir então pagar as parcelas. Porém, durante o curso é necessário pagar a cada trimestre um valor referente aos juros do Fies 2020. Esse valor varia de curso para curso, mas não passa de R$ 50 reais a cada 3 meses.

Novo Fies

Em 2020 o Governo lançou o Novo Fies, que tem como objetivo trazer mais facilidade para os candidatos que desejam ter acesso ao programa. Com o Fies 2020 é possível ter juros zero, dependendo da renda familiar, e condições de pagamento que vão se adaptar a renda do beneficiário e com prestações que não ultrapassem o seu limite de renda. Além disso, agora é possível que candidatos com renda per capita de até 5 salários-mínimos por pessoa também tentem o financiamento, a partir de fundos de investimentos de bancos privados. Dessa maneira, mais candidatos podem ter acesso ao ensino superior e contar com o auxílio do financiamento estudantil para pagar as mensalidades do curso escolhido.

Prazo para pagamento Fies

Após a formatura e o início do pagamento do Fies, o aluno tem o período de até o dobro do curso para realizar o pagamento. Ou seja, quem realizar um curso de 4 anos, pode pagar em até 8 anos. Dessa maneira, as parcelas são baixas e você ainda conta com o período da carência para se programar para começar a pagar.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!