HPV – vacina e sintomas HPV

O HPV é uma doença sexualmente transmissível (DST), que é transmitida por meio do contato pele a pele e pelas relações sexuais. Causado pelo Papilomavírus, é uma das DSTs mais graves, pois caso não seja tratada pode levar a doenças mais graves como o câncer. Mais de 90% da população já entrou em contato com o vírus em algum momento da sua vida, mas algumas conseguem eliminar o vírus do corpo naturalmente, antes que ele manifeste os sintomas clínicos. Ainda assim, é preciso de atenção e prevenção quando se fala da HPV. Para saber mais sobre essa doença, sintomas e tratamentos, continue lendo nosso artigo!

Sintomas?

Uma em cada 10 mulheres pegam o vírus HPV na sua primeira relação sexual, mas muitas delas não chegam a manifestar o vírus ao longo da vida. Algumas pessoas podem ter o vírus e nunca saber disso, pois nem todas apresentam os sintomas dele. Caso você se encontre no grupo de risco, mas não manifeste sintomas do HPV, é possível fazer exame de sangue para saber se tem ou não o vírus. O grupo de risco são pessoas que têm múltiplos parceiros sexuais e não usam preservativo. Não fazer exames de rotina, vida sexual precoce, baixo sistema imunológico.

Já quem tem o vírus e desenvolve os sintomas da doença, os mais comuns são:

  • Lesões e verrugas na vulva, vagina e colo do útero. No caso das mulheres;
  • Lesões no pênis;
  • Lesões na garganta, ânus, boca, pés e mãos, para ambos os sexos.

O diagnóstico do HPV, mesmo com sintomas aparentes, é feito por exames como o papanicolau e biópsia das verrugas.

Causas?

A principal causa da transmissão do vírus HPV é o contato sexual. Porém ela é transmitida pelo contato pele a pele, não é necessário ter troca de fluídos para que haja a transmissão do vírus. Como ocorre com outras DSTs. Além disso, estima-se que mais de 90% da população, homens e mulheres, já tiveram contato com o vírus em algum momento da vida. Uma vez que, mesmo que não se tenha sintomas dele, se a pessoa estiver com o vírus pode transmitir ele durante as relações sexuais desprotegidas. Além das verrugas e lesões causadas pelo o HPV. O Vírus pode contribuir para doenças mais graves como o câncer do colo do útero, câncer de garganta e câncer no ânus. Por isso é necessário fazer exames de rotina para identificar a presença do HPV e tratá ele antes que evolua para algo mais grave.

Tratamento?

O tratamento do HPV irá depender do tipo de sintomas que são apresentados, se é lesão, verrugas ou se não existem sintomas aparentes. Quando as lesões são pequenas pode-se utilizar de cremes e ácidos, para que cicatrize as lesões. Lesões mais profundas e mais graves como verrugas, podem ser retiradas com procedimentos a laser ou queimando-a. Quem não manifesta os sintomas pode fazer o tratamento com antibióticos que ajudam a eliminar o vírus do corpo. É importante saber que, se tem o vírus, mesmo sem sintomas ele pode ser transmitido para outras pessoas. Por isso, é necessário o uso de preservativos. Atualmente também é possível tomar vacina de HPV, a vacina é gratuita para crianças de 9 a 12 anos. Mas é disponível também para adultos em laboratórios particulares. Ela possui três doses e é suficiente para proteger o organismo.

Importante

Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida. Agradeço a visita desde já!