Pneumonia – como tratar os sintomas da pneumonia?

Tosse, febre, dificuldade para respirar – cuidado! Você pode estar com pneumonia, porém é preciso saber diagnosticar para ter certeza da doença. Leia aqui no artigo tudo que precisa saber sobre a pneumonia.

Quais os Sintomas da Pneumonia?

A pneumonia é uma doença que acomete pessoas de ambos os sexos e de todas as idades. Geralmente se manifesta mais em climas frios, como no inverno decorrente de gripes fortes associadas a tosse e secreção. A pneumonia ocorre quando um ou os dois pulmões estão infeccionados, ou seja, quando os tecidos pulmonares estão infeccionados, dá-se o nome de pneumonia. A pneumonia não é contagiosa e ocorre devido a contaminação por bactérias, fungos ou vírus. A pneumonia apresenta vários sintomas, geralmente eles estão aliados, como:

  • Tosse que pode ser seca ou apresentar catarro amarelo ou na cor esverdeada;
  • Fraqueza, desânimo;
  • Dificuldade para respirar, falta de ar;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor forte no peito ou no tórax;
  • Febre que sobe acima de 37,5°C;
  • Suores fortes, principalmente no período noturno;
  • Mal-estar generalizado.

É importante saber que os sintomas podem mudar em pessoas idosas e em crianças, por isso é de suma importância ficar atento. Os sintomas de pneumonia bacteriana em crianças, são: ruídos na respiração, perda de apetite, dor no abdômen, respiração acelerada. Porém é possível que a criança apresente os sintomas de forma isolada, como tosse e febre, ou apenas dificuldade para respirar. Na pneumonia viral os sintomas em crianças são: coriza, dor de cabeça, dores no ouvido e garganta, dores no corpo e espirros. Normalmente os sintomas tendem a desaparecer entre 4 e 5 dias.

Quais as Causas da Pneumonia?

A pneumonia pode apresentar vários fatores para que desencadeie, como infecções, parasitas, vírus, bactérias e fungos, porém a grande incidência de pneumonia que se dá é bacteriana contaminada pelos vírus:

  • Klebsiella pneumoniae;
  • Pseudomonas aeruginosa;
  • Haemophilus influenzae;
  • Streptococcus pneumoniae;
  • Moraxella catarrhalis e Staphylococcus aureu.

A pneumonia não é transmitida de pessoa para pessoa, ou seja ela não contamina, como a tuberculose, por exemplo. Portanto é possível estar em contato com uma pessoa com pneumonia, que você não corre o risco de ser contaminado.

Qual o melhor Tratamentos para Pneumonia?

Para tratar a pneumonia é preciso que o médico faça o diagnóstico da doença através de exames de Raio-X dos pulmões, entre outros. Depois ele deverá fazer uso de medicamentos, como antibióticos para combater as bactérias. Em 3 ou 4 dias de uso do antibiótico já é possível de obter melhora. Só ocorre internação do paciente quando há complicações, como no caso de idosos, pessoas com pressão arterial alta, quando há falta de ar, comprometimento dos rins, entre outros. É importante lembrar que o paciente não deve, nunca se automedicar, pois pode ocorrer de mascarar a doença e acabar piorando o caso. Ter acompanhamento médico é fundamental para combater as bactérias responsáveis pela pneumonia, uma vez que só o médico poderá indicar o tipo de medicamento adequado, de acordo com os exames. Se você está com tosse e febre procure um médico imediatamente para que o mesmo possa diagnosticar o problema e começar o tratamento o quanto antes.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!